Como emagrecer sem dieta: aprenda aqui!

Veja como emagrecer sem dietas torturantes, apenas fazendo uma boa reeducação alimentar.

Quem nunca entrou em uma dieta e achou que sofreu demais, sem ter resultados definitivos? Dieta da proteína, do glúten, da sopa e todas as outras que viram moda podem até funcionar, mas não mais do que um ou dois meses. Especialistas garantem que regimes muito severos não funcionam à longo prazo, o que quer dizer que as pessoas tendem a voltar a engordar, já que não conseguem aguentar a “rigidez alimentar” por muito tempo. A verdade é que para emagrecer, as pessoas precisam adotar bons hábitos e aprender a comer de forma saudável.

 emagrecer sem dieta

Emagrecendo sem dieta – é possível?

Além de seguir a boa e velha regra de optar por alimentos saudáveis, naturais, integrais, comer a cada três horas e fazer todas as refeições do dia, dando preferência a carboidratos complexos, proteínas, verduras, legumes e frutas e evitando frituras e doces, existem algumas dicas que podem auxiliar e otimizar a perda de peso.

1. Concentre-se na mastigação: De acordo com uma pesquisa recente, quanto mais tempo você passar mastigando os alimentos, menos calorias você vai ingerir. O estudo constatou que as pessoas que mastigavam cerca de 40 vezes cada garfada comeram 12% menos do que aqueles que mastigavam apenas 15 vezes. Este resultado significa que quanto mais rápido você come, mais quantidade de alimentos vai consumir. A explicação para isso é que o organismo demora 20 minutos após o início da refeição para sinalizar que está satisfeito. Como a mastigação é a primeira etapa da digestão, é importante triturar bem os alimentos para que ocorra a absorção correta dos nutrientes e produza a sensação de saciedade. E lembre-se, o estômago não tem dentes para triturar os alimentos, portanto, mastigue-os bem antes de engolir.

2. Coma sempre dentro de uma hora depois de acordar: Sabe aquela história de que você não consegue tomar café da manhã porque vive na correria? Para quem quer emagrecer, este hábito tem o efeito oposto. Isto porque é a refeição mais importante do dia e é comprovado que as pessoas que comem pela manhã são mais magras do que aquelas que pulam esta refeição. O ideal é comer dentro de uma hora depois de acordar, afinal ficamos horas seguidas sem comer enquanto dormimos.

Além disso, de acordo com a especialista, a exclusão do café da manhã faz com que a pessoa fique com muita fome durante o dia e tenha descontrole na velocidade de comer, na quantidade e qualidade da alimentação, optando por comidas mais calóricas, como frituras, alimentos açucarados e gordurosos.

Publicidade:

alimentacao saudavel

Outro motivo que prova que tomar café da manhã pode ajudar na perda de peso, segundo os nutrólogos Luís Carlos Silveira e Mariela de Oliveira Silveira, do Kurotel Centro de Longevidade e SPA, é que pelo fato da pessoa estar de estômago vazio, os nutrientes que forem ingeridos serão melhores absorvidos.

Portanto se você quer emagrecer nada de ficar pulando refeições importantes como o café da manhã, caso contrário já sabe: aumento de peso na certa! O importante é fechar a boca para alimentos gordurosos.

O ideal é que a alimentação seja equilibrada e que a pessoa consuma pelo menos uma fonte de proteína, como leite, queijo, iogurte, ovos. Pelo menos uma fonte de carboidrato, de preferência pães, torradas e cereais integrais e uma fonte de alimentos que fornecem vitaminas e minerais, como sucos e frutas. Embora suplementos emagrecedores como o café verde ou o fitburn ajudem nessa tarefa, é sempre preferível consumir frutas in natura do que alimentos processados ou industrializados.

dieta emagrecer

3. Mantenha o foco no que você está comendo: Não prestar atenção e não se concentrar na comida é outro erro bastante comum que as pessoas costumam cometer. Assistir TV, falar ao telefone ou ouvir música enquanto come pode dificultar a perda de peso. Isso porque o cérebro das pessoas que se alimentam distraídas com outra coisa para de receber sinais de que está comendo. Um estudo da Universidade de Bristol apontou que as pessoas que comiam enquanto faziam outras atividades, ingeriam o dobro de alimentos do que aquelas que se concentravam na alimentação.

 
Conclusão
 
Bom meninas, espero que tenham curtido as dicas ok?
 
Dúvidas e sugestões podem ser deixadas nos comentários!

Alguma dúvida? Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *